A MAGMA tem como meta realizar os seus serviços com elevado padrão de excelência, assegurada pela padronização do seu controle de qualidade, participação em ensaios de proficiência, adoção de métodos reconhecidos internacionalmente e reciclagem constante de sua equipe. Para garantir a qualidade e confiabilidade que é inerente aos nossos serviços, as Amostragens e Ensaios de Poluentes Atmosféricas (Qualidade do Ar Ambiental) fazem parte da extensão do nosso escopo (para 2019) conforme os requisitos da NBR ISO/IEC 17025, que estabelece critérios de qualidade e confiabilidade metrológica para laboratórios de ensaio e calibração.

Os serviços de monitoramento da Qualidade do Ar Ambiental da MAGMA visam identificar quais concentrações de poluentes atmosféricas estão sendo captados pelos receptores (população em geral) e se estão em conformidade com as respectivas Legislações Ambientais vigentes no país, possibilitando ao empreendimento ou poder público a tomada de decisões a cerca dos resultados obtidos (confirmar eficiência de sistemas de tratamento, dimensionar filtros, lavadores de gases, ciclones, redução da frota veicular em determinado horário ou dia, adoção de combustíveis menos poluentes, etc), preservando o patrimônio da empresa, a saúde dos ocupantes e da comunidade do entorno, preservando a flora e a fauna, deixando seu negócio em conformidade com o meio ambiente.

Atendemos a Resolução do CONAMA (dentre outras específicas):

  • RESOLUÇÃO CONAMA nº 03/90 - Estabelece os limites máximos de emissão de poluentes atmosféricos para fontes fixas.
  • Nossos ensaios analíticos cumprem rigorosamente as principais metodologias nacionais e internacionais para execução dos serviços de amostragens e análises (NBR/ABNT, CETESB, US EPA, etc). Temos equipamentos próprios, novos, modernos, calibrados e com equipe técnica treinada pelos maiores especialistas do país.

    Conforme a Res. 03/90 foram estabelecidos e fixados os métodos de amostragem e análise dos poluentes atmosféricos. A MAGMA atende na íntegra os parâmetros exigidos pela referida resolução, conforme destacamos a seguir:


    PARÂMETRO MÉTODO DE AMOSTRAGEM
    Partículas Totais em Suspensão - PTS Método de Amostrador de Grandes Volumes (HiVol ou AGV): NBR 9547
    Fumaça Método da Refletância de Luz: NBR 10736
    Partículas Inaláveis (MP10) Método de Separação Inercial/Filtração: NBR 13412
    Dióxido de Enxofre Método de Pararonasilina¹ ou Método Equivalente
    Monóxido de Carbono Método do Infra-Vermelho não Dispersivo (IVND): NBR 13157
    Ozônio Método da Quimiluminescência ou Método Equivalente
    Dióxido de Nitrogênio Método da Quimiluminescência² ou Método Equivalente
    1 – Método extinto, usamos o método equivalente do SO2 pelo Peróxido de Hidrogênio - NBR 12979; 2 – Usamos o método equivalente do Arsenito de Sódio para medição de NO2 - US EPA – N° EQN-1277-026.

    Fonte: Adaptado de Res. CONAMA 03/90
        Voltar à página Análise Ambientais



    GALERIA DE IMAGENS:


    Novidades
    20 de Agosto de 2018

    AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO AR NA ILHA DO MARAJÓ

    VER MAIS
    28 de Junho de 2018

    FIQUE LIGADO NA BALNEABILIDADE DAS PRAIAS NAS FÉRIAS!!!

    VER MAIS
    28 de Junho de 2018

    FIQUE ATENTO NAS FÉRIAS À QUALIDADE DAS ÁGUAS DE PISCINAS!!

    VER MAIS
    25 de Junho de 2018

    SEMANA DE ATUALIZAÇÃO - ENSAIOS MICROBIOLÓGICOS DE ALIMENTOS E ÁGUAS.

    VER MAIS